Como lidar com a solidão

Tempo de leitura: 4 minutos

Você costuma presenciar a solidão?

Saiba que você não é o único passando por isso, mesmo em ambientes lotados de pessoas.

É normal se sentir sozinho

Segundo um estudo a respeito da solidão realizado por experts na Universidade de Chicago, mais da metade dos cidadãos estadunidenses se sentem sozinhos.

Em algum momento da vida, 40 a 60% das pessoas já experenciaram solidão.

De acordo com outro estudo sobre solidão, pessoas casadas têm 60% mais chance de sentir solidão, ainda mais quando o casamento não é recente.

Os dados nos parecem contraditórios, não é?

Mas a solidão funciona assim: você a sente independente de estar literalmente sozinho ou não.

Vulnerabilidade à solidão

A solidão não depende da quantidade de números nos seus contatos do WhatsApp ou de quantas vezes por semana você sai com seus amigos.

A solidão depende somente de como você se sente a respeito dessas relações.

Solidão não é estar sozinho.

Você pode comprovar isso pedindo a uma pessoa introvertida se ela é feliz ou infeliz.

As pessoas se tornam sós porque anseiam por contato, mas seus esquemas mentais as tornam incapazes de se conectar com outros.

Diversos fatores podem ser levados em conta, tais como:

  • A quantidade de pessoas que você conhece
  • A intensidade de suas relações
  • Se você tem filhos
  • Crenças religiosas
  • Se você é casado, separado, divorciado ou solteiro
  • Seus hábitos de exercícios físicos
  • Sua atitude
  • Expressão da gratidão

Profissões de risco

Um estudo realizado pela Universidade de Harvard concluiu que a solidão afeta mais advogados, cientistas e engenheiros.

De acordo com os pesquisadores, essas profissões requerem mais tempo de isolamento e podem não ser indicadas para aqueles que se sentem sós ou para quem tem depressão.

Perigos da solidão

A solidão pode ser extremamente prejudicial à saúde.

Especialistas no assunto afirmam que os seus efeitos negativos são semelhantes aos de fumar 14 cigarros por dia.

A sua forma mais perigosa é quando passa à depressão, podendo levar ao suicídio.

Confira, abaixo, alguns impactos negativos da solidão na saúde:

  • Hipertensão
  • Gripe
  • Inflamação
  • Piorréia
  • Alzheimer
  • Algumas formas de câncer
  • Artrite reumatóide
  • Doença cardiovascular

A influência das mídias sociais

As mídias sociais podem ser uma forma de conexão e de isolamento.

Muitas pessoas creem que as mídias mais isolam do que conectam – a falta de interação real é a razão dessa crença.

Esse isolamento pode ser danoso a adolescentes.

Um estudo realizado em 2018 apontou que a maior parte das redes sociais tem um impacto negativo no bem-estar psicológico dos adolescentes que as utilizam.

​De maneira geral, é indicado que o uso das mídias seja moderado.

Tenha certeza que você não está preferindo passar mais tempo online do que no mundo real.

Utilize as mídias sociais como uma ferramenta: junte-se a comunidades do seu interesse, conecte-se com pessoas desse grupo e tente conversar naturalmente.

Não permita que essa ferramenta seja uma ferramenta de solidão – faça com que ela seja uma ferramenta para conectar-se com outros.

Como lidar com a solidão

O que você pode fazer quando se sente sozinho?

Tomar uma atitude.

Se você tomar uma atitude em todas as vezes nas quais se sentir sozinho, a sua solidão certamente irá diminuir.

É importante que você compreenda que não precisa se sentir só!

Atitudes que podem ser tomadas:

  • Sair de casa;
  • Perceber que você não é o único que se sente só;
  • Ajudar alguém;
  • Adotar um pet;
  • Dormir mais;
  • Falar sobre seu trabalho com outras pessoas;
  • Conectar-se com um amigo;
  • Frequentar reuniões;
  • Parar de esperar pelo contato de alguém – você também é capaz de fazê-lo;
  • Não comer sozinho no trabalho;
  • Conversar sobre coisas aleatórias;
  • Seja criativo: desenhe, escreva, pinte ou construa algo;
  • Visualize o seu lugar feliz;
  • Se conecte com alguém que também se sente só;
  • Lembre-se que amanhã você tem outra oportunidade de ter um bom dia;
  • Cante sozinho;
  • Visite novos lugares;
  • Seja voluntário;
  • Elogie outras pessoas;
  • Se envolva em algum esporte ou vá à academia;
  • Fale com os seus vizinhos;
  • Leve o seu cachorro passear (se você não tiver um cachorro, leve a você mesmo);
  • Vá a restaurantes com mesas comunitárias;
  • Vá a um museu;
  • Faça um tour em uma vinícola;
  • Faça um tour em uma cervejaria;
  • Sorria;
  • Frequente uma aula de dança;
  • Não trabalhe a ponto de ignorar sua vida pessoal;
  • Faça uma aula artística;
  • Faça uma aula de culinária;
  • Junte-se a um clube do livro;
  • Faça uma longa caminhada;
  • Leia um livro ou faça seu trabalho em um café;
  • Tenha um novo hobby;
  • Lembre de seu passado e de seus entes queridos com fotos antigas;
  • Comece um diário.

Saiba que você não está sozinho

Sempre que se sentir só, lembre-se que você não está “errado” ou que há algum problema com você.

Sentir-se só é normal.

Você pode e deve tomar uma atitude para que sua solidão se dissipe e você possa voltar a níveis elevados de bem-estar.

Texto baseado em uma publicação de Happier Human: https://www.happierhuman.com/feeling-alone/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.