Educação emocional

Tempo de leitura: 5 minutos

Hoje, discutiremos um pouquinho a respeito desse tema que é super importante e também é um dos pilares do Programa Educação Emocional Positiva: a educação emocional.

Começamos com uma pergunta simples: o que é, exatamente, a educação emocional?

A educação emocional é fundamental para que possamos nos relacionar com as pessoas ao nosso redor, tendo em vista que não vivemos sozinhos. Somos seres extremamente sociáveis e, portanto, precisamos saber lidar com os outros.

Mas para saber lidar com os outros, primeiro precisamos saber lidar com as nossas próprias emoções.

Assim, uma pessoa emocionalmente educada é capaz de perceber sua emoção, nomeá-la, verbalizá-la e ter, diante dela – independente de qual seja -, um comportamento construtivo.

Mas não para por aí: a pessoa também tem a habilidade de perceber a emoção do outro, nomeá-la, verbalizá-la e se comportar de forma construtiva diante dela!

Você percebe como a educação emocional é imprescindível para relações interpessoais saudáveis?

Por que o assunto é tão importante?

Os exemplos de consequências da falta de educação emocional são inúmeros: problemas psicossomáticos, estresse, baixa tolerância à frustração, brigas fúteis, discussões no trânsito e por aí vai.

Além disso, nem sempre a vida vai acontecer do modo que queremos e imaginamos. Nossos planos nem sempre são concretizados e a realidade é diferente daquilo que desejamos.

É por isso que precisamos nos tornar emocionalmente educados: para que saibamos transitar pela vida de forma saudável, independente das adversidades.

Como promover educação emocional

Primeiro, precisamos entender que, para o processo de educação emocional, os comportamentos são aprendidos.

Você sabia que é possível aprender as competências socioemocionais e as habilidades para o bem-estar? Além de podermos aprendê-las, podemos praticá-las para que nos tornemos excelentes nelas.

Assim, é possível aprender a lidar com as emoções!

Existem alguns comportamentos que precisamos aprender para nos transformarmos em pessoas emocionalmente educadas.

A seguir, você confere quais são esses comportamentos.

Exercícios

Abaixo, você descobrirá três exercícios que são essenciais para regularmos nossas emoções.

Exercícios de interiorização

Precisamos aprender a estar com nós mesmos.

É extremamente importante tirar um tempo para estar somente em nossa própria companhia, em companhia de nossos pensamentos e sentimentos.

Exercícios de respiração

Você sabia que, muitas vezes, não respiramos corretamente?

Isso mesmo! Respiramos errado, e nosso corpo afeta diretamente nossas emoções.

Um ótimo exercício é a respiração de 4 tempos, na qual você inspira por 4 segundos, prende a respiração por mais 4 e, finalmente, solta o ar durante 4 segundos.

Também já publiquei no meu canal do YouTube uma outra atividade para ensinar a respiração correta às crianças e adolescentes. Você pode conferir o vídeo clicando aqui.

Exercícios de relaxamento

Relaxar também é fundamental para as emoções.

Para permitir que o nosso corpo relaxe, podemos:

  • ouvir música;
  • praticar a automassagem;
  • meditar;
  • tensionar e soltar as regiões mais rígidas do corpo.

Rodas de conversa

O ato de ouvir, falar e debater ideias: esse é o comportamento que precisa ser trabalhado.

Como praticar a roda de conversa?

Sentando em círculo, ouvindo um problema ou questão e discutindo-o com todos os participantes e, finalmente, chegando a um acordo.

Mas atenção: para que a roda funcione, precisamos aprender a ouvir. Somos uma sociedade desacostumada a escutar o que o outro tem a dizer. Queremos falar, mas não queremos ouvir.

Assertividade

Assertividade não é apenas saber dizer não, é muito mais que isso.

A assertividade é saber defender seus direitos sem desrespeitar os direitos alheios.

Forças pessoais

Precisamos aprender nossos pontos fortes para que possamos treiná-los e, assim, dominar a sua prática.

Também é importante conhecermos as forças pessoais daqueles ao nosso redor. Dessa forma, podemos criar projetos nos quais suas qualidades sejam aplicadas e, assim, promover sua felicidade.

Otimismo

É importante aprendermos o otimismo!

Já falei sobre o otimismo aprendido aqui no blog. Você pode acessar a publicação clicando aqui.

Empatia

Empatia é a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro e sentirmos o que o outro sente.

Antes de aprendermos a empatia, no entanto, é necessário aprendermos a percepção do outro. Não é possível sermos empáticos sem percebermos as pessoas ao nosso redor.

Autocontrole

Precisamos ter autocontrole independente da emoção que estamos sentindo, já que só é possível pensar direito após nos acalmarmos.

Pare. Respire. Pense.

Quando ensinamos às crianças os passos para o autocontrole, estamos ajudando a criar adultos emocionalmente educados.

Contestação de pensamentos distorcidos

Muitos dos nossos sofrimentos emocionais são causados pela maneira errada de pensar a que estamos habituados.

Também já falei sobre isso anteriormente. Clique aqui para acessar a postagem.

Consciência emocional

Sabemos tudo ao nosso redor: a previsão do tempo, o trânsito e as últimas notícias, mas não sabemos o que está no nosso interior.

Assim, precisamos ter consciência plena daquilo que estamos sentindo.

Além disso, somos capazes de sentir emoções sem nem saber que elas existem. Dessa forma, aumentar nosso vocabulário emocional é uma maneira de aumentarmos a nossa consciência emocional.

Hábitos da vida feliz

De acordo com a Psicologia Positiva, é possível construir a felicidade!

Leia aqui a publicação na qual eu conto para você quais são os hábitos que precisamos ter para construir a vida feliz.

Cultivo de emoções positivas

Por fim, precisamos cultivar emoções positivas!

Pratique a Meditação da Gentileza Amorosa e sinta-se tomado por emoções positivas! Conheça-a aqui.


Agora, você já sabe tudo o que precisa para ter educação emocional!

Que tal começar hoje mesmo?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.