6 razões para aplicar Educação Emocional nas escolas

6 razões para aplicar Educação Emocional nas escolas

2 minutos A Educação Emocional promove uma nova forma de o aluno se desenvolver e aprender a se colocar no mundo. É um modelo de educação diferente do que está enraizado e, por este motivo, pode causar um pouco de estranhamento e resistência, mas as mudanças são necessárias e o resultado é muito positivo. Vamos conhecer algumas razões para adotar Educação Emocional nas escolas? Aumenta o aproveitamento escolar Alunos que sabem lidar com suas emoções conseguem se concentrar melhor nas atividades escolares. Ao deixarem de Continue lendo

Como a Educação Emocional pode ajudar no dia a dia dos profissionais de saúde?

Como a Educação Emocional pode ajudar no dia a dia dos profissionais de saúde?

2 minutos Para médicos, enfermeiros e demais profissionais da área da saúde tomar decisões difíceis é parte da rotina diária. A todo instante eles precisam escolher o que fazer para salvar vidas e cuidar de pacientes em situações diversas, muitas vezes depois de horas de trabalho exaustivo. Como garantir que as decisões sejam as mais acertadas? Segundo o psicólogo, PhD da Universidade de Harvard e escritor do livro “A Inteligência Emocional”, Daniel Goleman, a inteligência emocional é “uma forma diferente e composta de autoconhecimento, controle de impulsos, Continue lendo

Saiba porque começar a aplicar a nova grade comum curricular, e a educação emocional imediatamente em suas aulas

Saiba porque começar a aplicar a nova grade comum curricular, e a educação emocional imediatamente em suas aulas

2 minutos Em abril foi apresentada a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que apresenta as competências e os conhecimentos que devem ser ensinados aos estudantes no ensino básico e o que é esperado que ele aprenda a cada etapa. O documento apresenta grandes avanços no que diz respeito à inclusão da educação emocional no desenvolvimento infantil, pois traz entre suas dez competências: – Conhecer-se, apreciar-se e cuidar de sua saúde física e emocional, reconhecendo suas emoções e as dos outros, com autocrítica e Continue lendo

A história de Teddy e sua professora

A história de Teddy e sua professora

5 minutos Seu nome era Sra. Thompson, e no seu primeiro dia de aula, parou em frente aos seus alunos da quinta série primária e, como todos os demais professores, lhes disse que gostava de todos por igual. No entanto, ela sabia que isso era quase impossível, já que na primeira fila estava sentado um garoto chamado Teddy. A professora havia observado que ele não se dava bem com os colegas de classe e muitas vezes suas roupas estavam sujas e cheirando mal. Houve Continue lendo

O que acontece com o corpo quando sentimos alegria?

O que acontece com o corpo quando sentimos alegria?

2 minutos Imagine um dia sem nada em especial em que tudo está incrivelmente bom. O céu está azul, a temperatura agradável e tudo dá certo. Seu café da manhã tem alguma coisa a mais, que pode ser um bolo especial, um pão quentinho ou uma fruta bem suculenta, no caminho para o trabalho as pessoas estão mais simpáticas que o normal. O dia corre tranquilo até que, um pouco antes do almoço, você é chamado pelo seu chefe e descobre que será promovido. Continue lendo

POR FAVOR FILHO, NÃO SE MACHUQUE…

POR FAVOR FILHO, NÃO SE MACHUQUE…

menos de 1 minuto Finalizando uma parte do meu 2º livro, onde estava explicando sobre a prudência, comecei a conversar comigo mesma sobre prudência e filhos. O que mais queremos e falamos: – Não se machuque! Não se machuque onde? No sofá? Na escola? No play? Na festa? No vestibular? No relacionamento? Na profissão? Na vida? Meu Deus… Eles não conseguirão cumprir o meu pedido… Então, o mudo aqui. Não peço nada, apenas garanto. Garanto que estarei aqui para te auxiliar a mostrar o Continue lendo

Aprendendo sobre as emoções

Aprendendo sobre as emoções

1 minuto Emoções são processos biológicos e cada uma delas é importante para a qualidade da comunicação e sobrevivência tanto dos seres humanos como de outros animais. Elas são um resultado da combinação de fatores internos, como substancias químicas (serotonina, endorfina…) que controlam nosso humor, com a de fatores externos tais como cheiros, imagens, sons. Uma das primeiras etapas da expressão das emoções ocorre nos órgãos sensoriais, que recebem as informações vinda dos meios e as transformam em códigos elétricos, os quais serão levados Continue lendo

Você conhece a Psicologia Positiva?

Você conhece a Psicologia Positiva?

2 minutos Não é de se estranhar que boa parte das pessoas não conheça a Psicologia Positiva, uma vez que ela foi fundada no final da década de 1990 por Martin Seligman ao lado de Cristopher Peterson, contando com o auxílio de outros pesquisadores como Ed Diener e Barbara Fredrickson, só para citar alguns. Depois da psicologia dedicar tanto tempo a estudar o lado negativo da psiquê humana, essa abordagem traz uma abordagem do que é bom para o indivíduo, aquilo que traz felicidade, Continue lendo

O diamante rosa

O diamante rosa

2 minutos Recentemente, me ocorreu um fato engraçado que me fez refletir muito sobre nossa postura diante da situação financeira que nos encontramos. Eu estava tomando um café em uma padaria e na mesa ao lado três colegas conversavam tão alto que era impossível não escutar. Na televisão estava passando uma reportagem sobre o leilão do maior diamante do mundo, um diamante rosa, que devido sua raridade teria o lance inicial de 65 milhões de dólares. Enquanto passava a imagem do diamante, realmente maravilhoso, Continue lendo

Vamos entender as emoções?

Vamos entender as emoções?

2 minutos   A emoção é um processo biológico administrado pelo cérebro fundamental para nossa adaptação e sobrevivência como espécie. É muito importante também para a qualidade da nossa comunicação, pois transmite informações que nos permite codificar melhor a mensagem. Ex: o tom de voz exacerbado nos indica que a pessoa está com raiva, um tom de voz mais baixo e sem ânimo nos indica a tristeza presente. De um modo bem simples a emoção é o resultado da combinação de fatores internos, como Continue lendo