Psicologia Positiva na criação dos filhos

Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabia que é possível utilizar a Psicologia Positiva na criação dos filhos?

Além de ser possível aplicarmos a PP com nossas crianças, eu considero necessário.

Isso porque a Psicologia Positiva procura explicar e esclarecer os hábitos e as habilidades para a vida feliz.

Quando trazemos esses temas para a criação dos filhos, construímos uma conexão mais saudável e mais competente.

Como se dá essa criação?

Um dos princípios básicos de aplicar a Psicologia Positiva na criação dos filhos é a conexão, que mencionei acima.

Outro fator essencial é o cultivo de emoções positivas.

A minha dica para trabalhar esses dois fatores é a boa leitura; compartilhamos emoções positivas compartilhando histórias, abrindo espaço para o diálogo e para a conexão.

Eu não poderia deixar de indicar, para essa leitura, a minha coleção de livros infantis Vavá e Popó, que é inspirada nos meus dois filhos.

A intenção de se trazer livros infantis para as crianças é poder ensiná-las algumas habilidades da vida feliz.

Assim, além de compartilhar emoções positivas com a criança, você já está ensinando a ela algumas das habilidades para o bem-estar.

Os temas abordados na coleção Vavá e Popó são temas estudados dentro da Psicologia Positiva, tais como: emoções, emoções positivas, resiliência, comunicação ativa e construtiva, Forças Pessoais, amor…

Trazer os temas da Psicologia Positiva para o universo infantil por meio de um livro infantil é essencial; precisamos falar a linguagem da criança.

A seguir, a coleção completa e a sinopse de cada livro:

As descobertas de Vavá e Popó: contribuições da Psicologia Positiva para crianças de 4 a 97 anos

A contemporaneidade não nos ensina a nomear as emoções.

Mesmo assim, o repertório designado para as emoções negativas é mais extenso quando comparado com aquele para as emoções positivas.

Somos bombardeados por notícias, imagens, situações que nos levam à concepção errônea de que só existe negatividade no mundo.

Este livro infantil (apenas na linguagem, não no conteúdo) tem por objetivo apresentar um dos pilares da Psicologia Positiva – o estudo das emoções positivas feito por Barbara Fredrickson, referência mundial no tema – e a teoria do construir e ampliar, também de autoria de Barbara.

De modo lúdico, o leitor poderá conhecer essa teoria e aplicá-la para a construção intencional de um humor saudável e uma vida com mais bem-estar.

Este é o primeiro livro infantil de Psicologia Positiva publicado no Brasil.

Foi pensado e ilustrado para as crianças, mas seu teor é aplicável a todos aqueles que têm de 4 a 97 anos.

Afinal de contas, as emoções positivas ampliam e constroem recursos físicos, cognitivos e sociais.

Vavá e Popó descobrem as Forças Pessoais

No segundo livro da Coleção Psicologia Positiva para Crianças, Vavá e Popó, duas crianças curiosas, descobrem suas forças pessoais para terem uma vida feliz. 

Vavá e Popó descobrem as famílias das emoções

Vavá e Popó descobrem que as emoções têm família: a da raiva, da alegria, da tristeza, do medo, do amor, do nojo, das emoções positivas.

Vavá e Popó conhecendo o amor

Vavá e Popó conhecem mais sobre o amor por meio do encontro inusitado com um ET. 

Vavá e Popó descobrem a comunicação ativa e construtiva

Vavá e Popó descobrem que a comunicação ativa e construtiva fortalece a amizade.

Vavá e Popó descobrem a resiliência

Neste sexto livro da Coleção Psicologia Positiva para Crianças, Vavá e Popó, duas crianças curiosas, descobrem que o que é resiliência e praticam atividades para desenvolver a capacidade de superação após situações difíceis. 

Você pode conferir mais sobre cada livro ou sobre a coleção completa no site da Editora Sinopsys.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.