Janeiro Branco: foco na saúde mental

Tempo de leitura: 2 minutos

O ano de 2018 acabou, e entramos em 2019 falando de um assunto de importância gigantesca: saúde mental.

Janeiro, além de ser nossa porta de entrada para o ano que chegou, é o mês da cultura da saúde mental.

Surgida em janeiro de 2014, a Campanha Janeiro Branco visa trabalhar uma cultura de saúde mental na humanidade.

O projeto Janeiro Branco busca colocar o assunto em evidência, de forma a ressaltar a sua importância e incentivar a prevenção do adoecimento mental.

Como definido no website do projeto, a Campanha Janeiro Branco é:

Uma campanha dedicada a sensibilizar as mídias, as instituições sociais, públicas e privadas, e os poderes constituídos, públicos e privados, em relação à importância de projetos estratégicos, políticas públicas, recursos financeiros, espaços sociais e iniciativas socioculturais empenhadas(os) em valorizar e em atender as demandas individuais e coletivas, direta ou indiretamente, relacionadas aos universos da Saúde Mental.

Como o Janeiro Branco pode ajudar na saúde mental

O projeto elencou alguns motivos pelos quais pode auxiliar as pessoas.

  1. Incentivando-as a pensar “o ano mudou, vamos mudar de vida também”.
  2. Convidando-as a entender que, assim como os anos, a vida é feita de ciclos – devemos finalizar aqueles que não nos fazem bem e iniciar aqueles que nos farão felizes.
  3. Fazendo-as perceber que a virada do ano é um momento simbólico que criamos para parar e pensar sobre nossas vidas e, portanto, devemos aproveitar a oportunidade.
  4. Encorajando-as a responder a seguinte pergunta: Janeiro abre as portas de um novo ano. Será que precisamos repetir as escolhas do ano passado e que nos impediram de ser felizes?
  5. Motivando-as a calcular que um novo ciclo de 12 meses está se abrindo à nossa frente. Isso significa que há tempo de sobra para criar nossa felicidade (sim, a felicidade é criada! Relembre clicando aqui) e ajudar o outro a fazer o mesmo.

Mas o que é saúde mental?

Estudos em Psicologia Positiva nos apontam que saúde mental não é somente a ausência de emoções negativas ou desconfortáveis. Assim, se caracteriza como um estado de bem-estar e equilíbrio emocional, no qual as emoções negativas existem em escala menor.

Além disso, o indivíduo consegue utilizar suas capacidades de modo pleno e lidar com o estresse através de repertórios construtivos. Ainda, contribui de modo construtivo e produtivo na comunidade, porque o bem-estar promove relações interpessoais saudáveis.

A saúde mental é fundamental para que a pessoa consiga transitar pela vida de forma construtiva e para que possa construir uma vida de felicidade e bem-estar.

Quem cuida da mente cuida da vida!

Você pode saber mais sobre o projeto Janeiro Branco no site http://janeirobranco.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *